terça-feira, novembro 15, 2005

Concluído

Transformou-se numa página em branco que, após preencher as barras verdes ao fundo da tela, informa em letras discretas: concluído. Não sei o que é que me querem dizer e muito menos aquilo que me dizem com esta palavra meia esquecida ao fundo da página, pequena como que com medo da minha reacção. Não fico desiludida com o computador; angústia só comigo (e em voz baixa) por não ter uma cópia de muito do que no primeiro blog se encontrava.
Nos dias em que até as horas que estavam por chegar eram já uma roda-viva na memória, sentava-me enfrente ao computador e relia partes do blog. Umas vezes não resistia ao convite saboroso de mudar algumas passagens, noutras falava a consciência e mantinha o original.
Antes de publicar este primeiro texto tento reentrar no Conteúdo Latente. Sou informada que a página que procuro não existe. Um arrepio estranho gela as mãos sobre o teclado e os seis meses que passaram são uma leve dormência no pé que não se deixa esquecer.

Fico-me pelo Conteúdo Manifesto, hoje escolhi não atingir nada mais.

4 comentários:

Meriel disse...

Lamento por ti e por mim a perda desses textos, ideias e sonhos.
Mas tristeza maior seria não os teres vivido, não teres sentido a criação de cada palavra e o sentido de cada letra. O mais importante é a memória que nos ficou e não se vai perder nunca. E também claro as folhas em branco que esperam a tua inspiração.
Já tinha tentado entrar sem conseguir e estranhei. Será que não existe uma maneira de recuperar o Latente? Já tentaste contactar o Blogspot? Se precisares de ajuda eu falo com o Noc ou o Rag que percebem imenso destas coisas.
Força!
Beijos :)

conteúdo latente disse...

Meriel,
obrigada pela força. Já falei na escola com professores de informática mas ainda assim, não consegui recuperá-lo ne perceber o que aconteceu, enfim.
Vou começar agora a face "Manifesto", só falta a vontade de escrever...
beijo grande para ti, boa festa de anos _=)

Francisco disse...

Devias aproveitar a ocasião e em vez de ficares chateada, virares uma nova pagina na tua vida :)
Eu por acaso tenho tudo o que já escrevi guardado no computador. compreendo a angustia mas mais vale seguires em frente! (:
beijo

conteúdo latente disse...

é isso que estou a tentar fazer, ir recomeçando...
Tenho muita sorte, uma amiga atenta tinha gravado os primeiros textos e já os recuperei.
Aproveito também para afinar a responsabilidade que não é muita, agora guardo sempre tudo e imprimo.
=)
beijo grande.