quarta-feira, janeiro 03, 2007

Violetas

quando nesta noite chegar o tempo dos teus sonhos,
a lua há-de voar alta sobre os teus olhos fechados,
que cobrem, como veludo preto, movimentos rápidos e violetas.

2 comentários:

maria . disse...

ah sabe...

nas minhas palpebras fechadas
eu só vejo a pintura eterna
de alguém que antes de partir
decidiu deixar
uma marca que eu nao pudesse
jamais tirar.


por isso morro
de insonia e não durmo
pois não quero nunca mais reencontrar
aquele que um dia quis
partir para longe de mim.

legivel disse...

... abriu os olhos e agora os movimentos eram ritmados pela dolência de quem esteve sob o sol pairando baixo. estranhou que fosse manhã, ele que em tempo algum tivera pesadelos...