segunda-feira, maio 21, 2007

As tuas lágrimas são negras.
Nelas o sabor da maquilhagem
E das máscaras
Gastas;
O dia-a-dia.
O teu hálito é vinho tinto
Que a noite esgota violentamente.
Tenho vontade dos cemitérios nús
Espalhados pelo teu corpo claro.

És bonita.
Tão bonita que me esqueço de como se diz.
Que és bonita.

3 comentários:

isabel disse...

És bonita. <3

Z disse...

És bonita... E escreves bem!
Ah, gosto muito muito da foto nova à entrada do blog!

Cristina Nobre Soares disse...

"Tenho vontade dos cemitérios nús espalhados pelo teu corpo claro"

Belo, tão belo...