terça-feira, julho 17, 2007

Juntos




Adiamos a nossa solidão
Numa estrada esquecida
Ou numa esquina de jardim.
Criamos vidas que vestimos como peles
Em segunda mão
Sobre os candeeiros
De qualquer rua.
Adiamos os sonhos
Para as horas certas,
Num café fechado
Num cruzamento de sol
Num muro abandonado.


Adiamos a nossa solidão
E estamos sempre tão sós.

1 comentário:

Nox disse...

"Adiamos a nossa solidão
E estamos sempre tão sós"

Porque mesmo caminhando lado a lado, o descompasso consegue gigante.
E a solidão dói...Que a consigamos adiar durante muito tempo. =)*