domingo, janeiro 30, 2011

As videntes

Cantam desafinadas, de olhos brancos
E roupas escuras. As horas doces
Pertencem só aos que
Já partiram.

Sem comentários: