domingo, janeiro 30, 2011

Os ninhos

Construímos o nosso ninho
No topo da árvore mais alta desta vida:
Onde os frutos colheram mais cedo
A luz do Sol,
Onde a vista foi sempre a mais bonita,
Onde as ilusões correram por nós
Ao sabor do vento mais frio,
E onde o adeus que nos embalou
Cantou com a eficácia de uma queda só.

Sem comentários: